Depois de 8 anos, decidi dar uma chance para GTA

O título deste post está correto, mas sinceramente achava que fazia mais tempo desde a última vez que eu joguei GTA, porque na verdade eu não joguei o San Andreas, que já completou 10 anos. Só que joguei o Vice City Stories, que é mais recente (embora seja uma “prequela”* do Vice City, de 2002), então 8 anos está correto. Enfim, depois de quase uma década afastado da série, basicamente por falta de interesse nos protagonistas, eu finalmente resolvi dar uma nova chance para GTA, e tive uma boa experiência. Eu zerei GTA V em sua versão para PlayStation 4 (tenho a de PS3 mas nunca joguei) e o que mais me impressionou não foi a história, os protagonistas ou o mau humor de Trevor Phillips, mas sim a quantidade de trabalho empregada pelos desenvolvedores em criar uma cidade que vive, respira e se transforma.

Visitando Los Santos

O game se passa no Estado de San Andreas**, formado pela cidade de Los Santos e pelo condado de Blaine – e é incrível como estes lugares têm vida! Das ruas movimentadas da cidade grande, ao vendedor de frutas na beira de uma estrada de terra, ao fundo do mar, Los Santos e região não tem um canto sequer que não tenha sido pensado e trabalhado com paixão. E isso conta muito em um game como GTA porque faz com que a cidade fictícia se pareça real – a capacidade do PS4 de gerar uma população muito maior do que o PS3 ajuda, e copiar locais do mundo real também (veja aqui).

542494

Em GTA V eu caminhei muito mais do que já tinha caminhado em qualquer outro game… também dirigi devagar, peguei taxi, pedalei bastante, porque só assim para poder apreciar o máximo de detalhes possível na imensidão que é o mapa do jogo. Parece que nada nestes locais se repete, sejam as casas suburbanas ou mesmo lojas da mesma rede, cada local é diferente do outro. As pessoas também vivem suas vidas, caminhando pela praia, vendendo maconha ou conversando nos fundos de um restaurante durante a pausa do trabalho. É divertido andar, observar e explorar, e eu até tenho meus locais favoritos na cidade, mas este senso de exploração precisa partir da vontade do jogador, já que as missões raramente o encorajam a ir a pé – o que é uma infelicidade, dado o cuidado que a Rockstar teve com o detalhamento do cenário do jogo.

Missões mais dinâmicas

Nem tudo é passeio e a maior inovação que vem com GTA V é, sem dúvida, o jogo ser protagonizado por três personagens. Ele é basicamente o mesmo que seus precursores se você se dedicar a jogar com somente um dos personagens por um longo período de tempo. O game não te obriga a alternar entre Franklin, Michael e Trevor tanto quanto eu acho que deveria, então é essencial ficar sempre atento ao número de tarefas que cada um tem a cumprir e alternar entre eles, até porque isso mantém um certo “realismo” na passagem do tempo dentro de GTA.

gta5-artwork-56-hd

Por isso eu acho que as missões que envolvem os três protagonistas são as melhores. Elas te obrigam a alternar entre eles, seja piscando um alerta ou trocando automaticamente. É muito legal usar o Trevor para derrubar com um lançador de foguetes aquele helicóptero que estava te dando muito trabalho enquanto jogava com o Michael, por exemplo. E missões que incluem roubo de carros, compra de armas e etc. devem, na minha opinião, ser feitas de uma só vez, sem que algum dos personagens pare para fazer uma missão paralela (se alguém que te liga no celular, por exemplo), já que teoricamente todos estão cumprindo seu papel, simultaneamente, naquela missão principal. O que me leva a outro tópico:

Dramas pessoais desviam as atenções

Eu sei que Michael, Trevor e Franklin são personagens profundos, com histórias passadas e dramas mal-resolvidos (o conflito entre Michael e Trevor é narrado de forma excelente, as desavenças entre Franklin e Lamar também). Além disso, eu comentei que a cidade tem vida e as pessoas têm suas próprias histórias então, quando GTA V te manda procurar maconha para um ativista qualquer enquanto você deveria se concentrar em aplicar aquele grande golpe, o jogo está tirando sua atenção do que é mais importante. E por causa disso eu decidi jogar somente as missões principais e ignorar quase que completamente os objetivos secundários. Missões aleatórias então, tipo dar carona a alguém na estrada, estas eu não fiz nem questão!

gta5-artwork-13-hd

GTA V também tem coisa demais para se fazer. Isso é legal do ponto de vista da exploração e eu gosto, por exemplo, de sair para fazer umas compras ou personalizar um carro. Só que eu só fui fazer este tipo de coisa depois que já tinha terminado as 69 missões principais do jogo, afinal de contas se eu fosse um ladrão prestes a roubar o Banco Central, não perderia meu tempo andando na montanha-russa ou comprando calças novas.

Concluindo, foi legal voltar a jogar GTA. Eu comecei sem a menor pretensão e quando percebi tinha passado dias jogando e cumprindo todos os objetivos. Agora o que me restou em Los Santos foi o colecionismo, porque ainda tenho carros para encontrar, pessoas para dar carona e cursos de vôo para concluir. Jogar online? Não, obrigado.

*Prequela é um termo não-dicionarizado em português que se traduz do inglês “prequel”. A palavra não existe oficialmente mas usamos mesmo assim.

**Los Santos e o condado de Blaine são os locais acessíveis em GTA V, embora saibamos que o Estado de San Andreas seja formado também por outros condados, como Red e Paleto.

Flávio

Me formei na faculdade de Design em 2007, sou apaixonado pela minha profissão, por rock'n'roll, cozinhar, jogar video game, por Star Wars e hamburger. Colaborador do Greenpeace e Médicos Sem Fronteiras.

Uma resposta para “Depois de 8 anos, decidi dar uma chance para GTA

O que você acha?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s