A história do Konami Code

Outro dia comprei um caderninho para anotar cheats e códigos de games antigos… me bateu essa nostalgia porque eu tive um caderninho de códigos quando era criança, então quis a mesma experiência novamente.

Enfim, o primeiro cheat que anotei no caderninho foi, claro, o popular Konami Code… uma coisa leva a outra e fui pesquisar a história deste ilustre código.

konami-code

Ele foi criado por Kazuhira Hashimoto em 1986, enquanto trabalhava no port do popular scrolling shooter Gradius (Konami, 1985) para o NES. Percebendo que o jogo era muito difícil enquanto testava-o, o programador desenvolveu o código para que pudesse dar a si todos os power-ups e passar das partes que ele não conseguia, sendo possível testar o jogo por completo. Como o próprio Hashimoto conta:

“Havia este cara abaixo de mim, e ele jogou inteira a versão coin-op [arcade]. Esta é difícil de verdade. Eu não joguei tanto e obviamente não conseguia vencer o jogo, por isto coloquei o Konami Code.” [Fonte]

Reza a lenda que o programador se esqueceu de remover o cheat do código final do Gradius, que acabou sendo descoberto pelos jogadores e espalhou-se no boca a boca. Foi então no dificílimo Contra (Konami, 1987) que o código – que dava 30 vidas – ganhou sua fama, um nome, e por isso foi sendo inserido em diversos outros games desenvolvidos pela Konami. Hoje é parte da cultura gamer.

Ao longo dos anos, diversas adaptações do código foram criadas, inclusive em jogos que não foram criados pela Konami, em vários sites na internet (tente aqui) e com vários resultados, mas é o charme hipnótico da versão original, feito com o controle do NES, que arranca suspiros dos gamers pelo mundo todo! Em termos de impacto cultural, o Konami Code é certamente o cheat mais popular de todos os tempos. Ele não apenas nos deu 30 vidas, mas 30 anos de histórias, segredos e easter eggs.

Flávio

Me formei na faculdade de Design em 2007, sou apaixonado pela minha profissão, por rock'n'roll, cozinhar, jogar video game, por Star Wars e hamburger. Colaborador do Greenpeace e Médicos Sem Fronteiras.

O que você acha?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s