Agora que a Nintendo deu uma data – março de 2017 – para o lançamento de seu próximo console, de codinome NX, ele se torna mais real do que nunca… 1 ano passa voando, por isto andei pensando como eu gostaria que fosse este console.

O NX será lançado pouco mais de 4 anos depois do atual console da empresa, o Wii U. O intervalo médio entre uma geração e outra de consoles da Nintendo sempre foi por volta de pouco mais de 5 anos, então quem diz que o Wii U morreu cedo demais não está errado mas também não está totalmente certo; sendo assim, o lançamento “precoce” de um novo console não me incomoda. Fator tempo deixado de lado, vamos ao que faria do NX, para mim, um console perfeito:

Eu gostaria que ele tivesse um nome melhor (sim, eu sei que NX não é o nome do console). Na minha mais sincera opinião, a Nintendo tem um bom histórico com nomes… veja só, o NES é básico, diz a que veio, “sistema de entretenimento”; o SNES é poderoso, é super; o Nintendo 64 tem um processador de 64-bit; o GameCube faz alusão ao seu formato; o Wii inaugura a era “social” da Nintendo (we = nós). Aí vem o Wii U, a ovelha negra dos nomes dos consoles, que confundiu muita gente antes e depois do lançamento, a maioria achou que ele não passava de um novo acessório para o Wii.

Eu gostaria que o NX tivesse um controle “de verdade”, como o Wii U Pro Controller, na minha opinião um dos melhores controles já criados. É inevitável a comparação com o controle do Xbox mas é fato que o Pro Controller é confortável, ergonômico e seus botões têm excelente feedback, fazendo jus ao “pro” que leva no nome.

wiiu-pro-controller

Além disto, seu layout acompanha o padrão atual, adotado também pelos controles da Sony e da Microsoft: 4 botões frontais, 4 gatilhos, 2 analógicos e 1 direcional. A Nintendo deveria deixar para trás maluquices como o Wii Remote e o Gamepad, eu só quero um controle de verdade!

Eu gostaria que a Nintendo adotasse a arquitetura x86-64 no NX, a mesma do PS4 e do Xbox One. Isto seria excelente porque facilitaria o trabalho das developers, que poderiam portar seus jogos sem problemas para o console da Nintendo, afinal de contas, seria só mais uma plataforma, assim como o PC.

A arquitetura x86-64 proporciona um ambiente familiar para os desenvolvedores; ela foi criada em 1978 e passou a funcionar com 64 bits em 2004, então é seguro dizer que a maioria dos programadores sabe trabalhar com ela. O problema do Wii U é que ele ainda usa arquitetura PowerPC, que os desenvolvedores consideram ultrapassada… a única vantagem é que o Wii U é o único console da atual geração a oferecer retrocompatibilidade nativa*.

dsc9008

Já se foi o tempo do SNES em que desenvolver um game custava algumas dezenas de milhares de dólares… hoje alguns títulos chegam a custar milhões e, se a Nintendo quer atrair estes jogos para sua plataforma, precisa facilitar. Eu adoraria que o NX tivesse apoio das third-parties, como foi nas gerações 8-bit e 16-bit.

A Nintendo possui as IPs mais valiosas da indústria. Qual é… Mario, Zelda, Pokémon? Ninguém supera a relevância destas franquias mas, na minha opinião, a Nintendo não deve achar que somente seus próprios jogos bastam. Este foi um fator determinante no fracasso do Wii U – o console tem games excelentes, como Mario Kart 8Super Mario 3D World e DK: Tropical Freeze (leia meu review), por exemplo, mas a imensa maioria dos jogos multiplataforma ficou de fora do console da Nintendo – Call of Duty: Black Ops 3, Metal Gear Solid V: The Phantom Pain e Life is Strange são três exemplos de jogos brilhantes que foram lançados para PC, PS4, XOne e até PS3 e X360, mas não para Wii U.

cod-black-ops-wiiu

Eu gostaria que o NX fosse menos ambicioso. A Nintendo tem história com inovação, isto não há como negar; várias delas se tornaram padrão na indústria e até mesmo as mais desacreditadas, como o Wii Remote, acabaram sendo sucesso; mas eu receio que a Nintendo esteja caminhando para inovar somente por inovar. A empresa vendeu o Gamepad como uma nova maneira de jogar, mas só Nintendo Land usou-o de uma forma verdadeiramente criativa.

Se você leu até aqui, deve estar pensando: “Então o que você quer é que o NX seja como o PS4 e o Xbox One? Os dois são basicamente a mesma coisa, por que a Nintendo lançaria um console igual aos da concorrência?” A resposta é simples: você nunca verá Zelda em um console da concorrência, mas pode ter um console parecido com o da concorrência rodando jogos de Zelda, e isto é o melhor de dois mundos. Isto é o que faria do NX, para mim, um console perfeito.

Ah, e por favor, sem acabamento high-gloss. É impossível manter o videogame limpo! E você, o que espera do próximo console da Nintendo?

*O PS3 e o Xbox 360 também eram PowerPC e, como o PS4 e o Xbox One têm arquitetura x86-64, eles não podem ser retrocompatíveis, somente por emulação.

O que você acha?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s