SonicHoje, dia 23 de junho, o ouriço mais veloz do planeta completa 25 anos. Sonic é um dos mais amados e reconhecidos mascotes dos games, criado pela Sega para bater a popularidade de seu rival bigodudo, e protagonizou alguns dos maiores clássicos da história.

Em alta velocidade

Sonic estrelou seu primeiro game no Mega Drive e Master System em 1991 e logo de cara já deu o que falar. O jogo era rápido, muito rápido! Tanto que a clássica fase Green Hill Zone 1 é quase on-rails, meio que projetando o personagem na direção correta.

Mas não era só a velocidade que fazia Sonic ser um personagem legal – o blue blur, como é conhecido, é a personificação do que era legal nos anos 90: é um ouriço azul com cara de mau e cabelos espetados, é rebelde, usa tênis da moda, tem atitude e amigos irados como a raposa voadora Tails e o meu favorito Knuckles.

Na edição 125 dos quadrinhos do Sonic, publicado pela editora ArchieYuji Naka contou um pouco sobre a criação* do ouriço:

“Quando Sonic the Hedgehog nasceu no Mega Drive, nós passamos pelo que pareceu um período sem fim de tentativa e erro, tentando encontrar o novo herói perfeito; algo que ninguém havia visto antes… o elemento final para o jogo era o herói, um herói que representasse justiça e liberdade ao mesmo tempo que exalasse um sentimento de cool.”

Desaceleração total

Unknown
Adesivo colado atrás da porta do meu quarto a mais de 20 anos

Alguma coisa que aconteceu nos últimos anos fez com que o blue blur desacelerasse e perdesse muito de sua popularidade. Tem quem culpe o jogo Sonic Adventure lançado para o Dreamcast em 1998 (eu até concordo); tem quem culpe o infame Sonic the Hedgehog de 2006, considerado um dos piores jogos de todos os tempos; a verdade é que a Sega reinventou tanto seu mascote que acabou perdendo a mão.

No ano passado eu escrevi um post completo sobre isto e minha opinião continua a mesma. Um jogo de verdade do Sonic precisa ser estonteantemente rápido, quase incontrolável, assim como foram os clássicos dos anos 90. Além disto, prefiro que seja mudo, porque parece que quanto mais o ouriço fala, mais estranhas as coisas ficam.

Mesmo com todos os tropeços, Sonic continua sendo um personagem relevante e importante na indústria. Ele representa o cool nos video games e eu desejo que os próximos 25 anos façam mais bem para nosso querido ouriço.

*Quem desenhou o personagem foi Naoto Oshima, escolhido dentre vários outros designs e enviado para Yuji Naka usar em seu novo platformer.

O que você acha?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s