Esqueça o Mario, hoje é aniversário do personagem realmente responsável por colocar o nome Nintendo no mundo: o gorila Donkey Kong. Lançado em arcade há 35 anos, o jogo nasceu da necessidade de a companhia japonesa pagar as contas de seu escritório nos Estados Unidos, e a missão foi dada ao designer iniciante Shigeru Miyamoto.

Donkey_Kong_arcade“Mas o aniversário do DK foi no dia 9”, você diz. Sim, eu sei, mas a importância do personagem está intimamente relacionada com os norte-americanos e, lá na terra do Tio Sam, o arcade original foi lançado no dia 31 de julho.

How high can you get?

O jogo Donkey Kong inaugurou algumas características que se tornaram comuns nos videogames como, por exemplo: foi o primeiro a ter a história contada dentro do jogo (antes era só no manual ou no verso da caixa e, no caso de alguns fliperamas, ao lado do joystick); foi o primeiro a usar cutscenes animadas entre as fases; foi o responsável por dar origem* ao estilo platformer (na época não existia esse termo); foi o primeiro a usar a temática da donzela em perigo, estereótipo alvo da crítica feminista.

As primeiras máquinas de Donkey Kong foram instaladas em dois bares na cidade de Seattle, embora os donos tenham torcido o nariz mas, vendo lucros de até US$30 – cada jogada custava ¢25 – durante os primeiros dias, não demorou para que encomendassem mais e para que outros estabelecimentos também se interessassem. O jogo do gorila fez tanto sucesso que a Nintendo ordenou que convertessem milhares de suas máquinas Radar Scope, que estavam pegando poeira em seu galpão, em arcades Donkey Kong, e o resto é história.

dk-arcade

Não me lembro de alguma vez ter visto o arcade original no Brasil, mas eu não freqüentava muitos fliperamas porque minha mãe achava que eram ambientes ruins… sendo assim, só joguei o clássico pela primeira vez quando ele veio embutido em Donkey Kong 64 (Rareware, 1999).

O amor é de longa data

dk-game-watchO primeiro Donkey Kong que joguei não foi o clássico do Super Nintendo, como a maioria das pessoas da minha idade, mas sim a versão de 1982 no Game & Watch do meu vizinho e, cara, eu já achava o máximo que aquele minigame tinha duas telas.

É uma versão extremamente limitada, então, imagine a minha cara quando este mesmo vizinho alugou Donkey Kong Country (Rareware, 1994) e jogamos pela primeira vez – era de longe a coisa mais maravilhosa que eu já tinha visto! Não só por causa dos gráficos, que eram claramente à frente de seu tempo, mas principalmente porque a jogabilidade era excelente, as fases eram desafiadoras e os personagens super carismáticos. Desde então, joguei e zerei os games no Super Nintendo, Nintendo 64 e os mais recentes do Wii e Wii U (leia meu review), e mal posso esperar pela próxima aventura do gorila engravatado.

donkey-kong-country

Donkey Kong é um personagem memorável e um dos mais importantes da indústria dos games, por isso é legal ver que ele completa 35 anos com a mesma disposição de quando começou como vilão, seqüestrando a namorada de um carpinteiro qualquer. Que venham muito mais anos e aventuras para meu primata favorito.

*É verdade que alguns meses antes, em novembro de 1980, havia sido lançado Space Panic que também era baseado em plataformas, mas cujo personagem não tinha habilidade de pular e, por isto, a imprensa denominava como climbing game em vez de platform game.

O que você acha?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s