Em 2013 rolou uma história que é curtinha mas sempre achei bacana porque é algo que nunca imaginei acontecer e, claro, nunca aconteceu de novo. O lance é que eu comprei um case para transportar cartuchos de Nintendo 3DS no Ebay – um modelo exclusivo do extinto Club Nintendo – de um rapaz japonês chamado Kazuki Ikeda, que me enviou junto do pacote um sache que vim a descobrir ser miso shiru (味噌汁).

MINOLTA DIGITAL CAMERA

Se você não conhece, miso shiru é uma sopinha tradicional japonesa feita com caldo de peixe e miso, uma pasta feita a partir da fermentação de arroz, cevada e soja. Há vários outros ingredientes que podem ser acrescentados ao miso shiru, como tofu, algas e cebolinha… vai do gosto do freguês.

Enfim, junto com o sache de sopa instantânea, o Kazuki mandou também uma carta, em que ele contava como o miso shiru é super popular no Japão e etc., como ele achava importante que pessoas do mundo todo conhecessem mais sobre a cultura japonesa, e que eu entrasse em contato para saber o que achei da sopa.

club-nintendo-miso
A única foto que achei no meu Instagram

O que o moço não fazia ideia – e isso eu fiquei sabendo mais tarde em uma mensagem que ele me mandou no Facebook – é que a cultura japonesa é muito presente aqui em São Paulo, e foi isto que escrevi para ele, e compartilho com você, leitor, traduzido abaixo:

“E aí Kazuki, como vai? Recebi o case do Club Nintendo ontem e gostaria de lhe agradecer pelo sache de sopa de miso que você me mandou. Experimentei hoje, e é bem gostosa!

Na verdade, eu já conhecia miso shiru desde a infância. Uma amiga da minha tia, que é descendente de japoneses, costumava preparar [miso shiru] quando nós íamos visita-la. Além disto, o Brasil (especialmente a cidade onde vivo, São Paulo) tem a maior população japonesa fora do Japão, e a cultura japonesa é muito difundida por aqui. Não é difícil encontrar boa comida japonesa por estas bandas.

De qualquer maneira, obrigado novamente pelo miso shiru, eu agradeço, foi muito gentil. Espero falar com você novamente algum dia. Atenciosamente, Flavio.”

E essa é a história sobre o dia que recebi sopa de miso pelo correio. Provavelmente lhe parece bobagem, mas eu acho legal que o cara tenha se disposto a enviar algo que é importante para ele. Se mais pessoas fizessem este tipo de coisa, conheceríamos coisas incríveis que nem imaginamos existir. Achei legal.

P.s.: Eu fiquei um pouco obcecado em descobrir o que estava escrito na embalagem, mas é muito difícil quando você não entende a base que forma os caracteres da língua japonesa. Ainda assim me esforcei em descobrir pelo menos o que eram as palavras grandes – afinal de contas, se está escrito grande é porque é importante – e, bom… descobri que 油あげ significa “óleo frito”.

O que você acha?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s