Doom comemora 25 anos

Criaturas nascidas no inferno aterrorizaram aqueles que, lá atrás, decidiram encarar o first-person shooter Doom (id Software, 1993) e agora, um quarto de século depois, o clássico celebra seu 25º aniversário. Video games vêm e vão, mas Doom se mantém constante ao longo da história, e eu continuo não conseguindo jogar o título original.

O primeiro Doom é considerado pioneiro nos jogos de tiro em primeira pessoa: não somente trouxe gráficos tridimensionais, multiplayer e mods aos computadores da época, mas também gerou sequências, spin-offs, pacotes de expansão, livros, quadrinhos, um jogo de tabuleiro e até um filme estrelando Dwayne “The Rock” Johnson. O jogo é um ícone da cultura pop!

Seu sucesso se deve muito à inteligência da id Software de lançar as primeiras fases como shareware – Ei, copie e distribua entre os amigos, está tudo bem! –, assim como permitir que os jogadores criassem seus próprios mods, personalizando sua experiência e compartilhando com outras pessoas. A consequência dessas decisões fez de Doom um game com re-jogabilidade praticamente infinita, graças às incontáveis novas fases criadas por fãs.

Apesar de sua idade, o game continua sendo jogado em basicamente qualquer aparelho que tenha uma tela. Procurando no YouTube, é possível ver Doom sendo jogado em todo tipo de coisa como impressoras, um caixa eletrônico, no painel de carros de luxo e até em uma calculadora.

Mesmo 25 anos depois que o Doom original mudou a maneira como jogávamos games de tiro, a franquia continua conquistando novos fãs sedentos por carnificina, e a premissa continua a mesma de sempre: o jogador encarna o papel de um soldado que deve lutar contra demônios e outras criaturas infernais.

A Bethesda, responsável pelo desenvolvimento dos jogos atuais, promete fazer de 2019 o ano do Doom, com o lançamento de um novo título da franquia. Além disso, John Romero, um dos criadores da franquia, anunciou o lançamento de um mod com 18 novas fases para o jogo clássico.

E você, tem lembranças de jogar Doom no início dos anos 90? Ainda se vê encarando hordas de demônios nos títulos mais recentes da franquia? Também está ansioso para os lançamentos do ano que vem? Deixei seu comentário.

Flávio

Me formei na faculdade de Design em 2007, sou apaixonado pela minha profissão, por rock'n'roll, cozinhar, jogar video game, por Star Wars e hamburger. Colaborador do Greenpeace e Médicos Sem Fronteiras.

Uma resposta para “Doom comemora 25 anos

  1. doom, lemmings e warcraft me incentivaram a fazer minhas primeiras incursões no MS DOS e se fosse só por isso já seria muito grato. além disso, joguei tanto na minha vida que jamais esqueci as lendárias dicas IDKFA IDDQD, pra mim muito mais emblemáticas que a konami code.

    até hoje entro de vez em quando no tumblr itrunsdoom para ver o que as pessoas ainda estão inventando

    Curtido por 1 pessoa

O que você acha?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s