Se não há cabelos afro em The Sims, essas minas criam!

A franquia The Sims (Maxis, 2000-2019) é sem dúvidas uma das mais populares de todos os tempos, por isto, é estranho imaginar que, mesmo depois de quase 50 jogos (somando só a linha principal e suas expansões) e ferramentas poderosas de customização, ainda há jogadores que não se sentem representados por suas personas digitais.

É o caso de algumas jogadoras negras, incluindo a simmer Danielle, aka EbonixSims, que não conseguiam criar personagens à sua semelhança e, notando que faltavam opções, que jogadores negros se sentiam mal representados na área de criação de personagens do The Sims e que não dava para esperar a boa vontade da Maxis, tomaram para si a tarefa e começaram a criar seus próprios assets para o jogo.

Suas principais criações são roupas ligadas à cultura negra ou de origem étnica (como o dashiki africano), e os mais variados cortes de cabelo afro – um importante instrumento de criatividade e expressão para simmers negros –, para quem quer poder usar nas personagens seus cachos, puffs, dreadlocks, tranças e muito mais. Em outras palavras, essas jogadoras têm se dedicado a diminuir o gap entre a imensa variedade de estilos da mulher e do homem negros, e seu simulador de vida favorito, promovendo inclusão e representatividade.

Eu comecei porque vi que não recebíamos nenhum [cabelo] da Maxis ou de outros criadores. Também porque é o [corte de cabelo] que eu uso, então é o que eu quero ver dentro do jogo!

SheSpeaksSimlish, jogadora e criadora de conteúdo

A criação de conteúdo por essas jogadoras negras acabou criando uma comunidade única dentro das comunidades do The Sims; as moças realizam encontros para simmers negros trocarem histórias e experiências, a oportunidade de participarem de um mundo que reflete eles mesmos, e seus mods abriram portas para representatividade e senso de comunidade para um grupo que normalmente não se “vê” nos video games, mostrando para a indústria a importância da diversidade.

Em entrevista à BBC, que você pode assistir abaixo, Danielle conta como recebeu um pedido especial para recriar no jogo o corte de cabelo de uma garotinha negra que odiava sua aparência. Após ver seu cabelo em The Sims, a menina não só passou a amar sua personagem no game, como também valorizar a si própria. Muito foda!

Se você quiser conhecer as criações de Danielle e baixá-las para usar em seus personagens, acesse o site. Até o rapper T-Pain já baixou! Outras jogadoras dedicadas à criar opções para jogadores e jogadoras negros são SheSpeaksSimlish e Xmiramira.

Flávio

Me formei na faculdade de Design em 2007, sou apaixonado pela minha profissão, por rock'n'roll, cozinhar, jogar video game, por Star Wars e hamburger. Colaborador do Greenpeace e Médicos Sem Fronteiras.

O que você acha?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s