Desisto do meu backlog!

Você tem uma lista de video games que deseja jogar, né? Eu certamente tenho uma, que cresce constantemente. Todo mundo tem! Essa lista se chama backlog – o tempo passa, novos games são lançados e vamos deixando outros pra jogar depois. Mas eu cansei do meu backlog porque vai ser impossível correr atrás.

Até a 5ª ou 6ª gerações de consoles, no final dos anos 90 ou meados dos anos 2000, ainda era relativamente fácil jogar tudo que nós queríamos, todas as novidades e manter um backlog manso, fácil de controlar. Não existiam tantas developers, não lançava-se novos jogos tão depressa, e de quebra ainda existiam locadoras de video games espalhadas pela cidade inteira, o que certamente facilitava pra molecada experimentar as novidades. As gerações de consoles eram bem divididas, então a gente jogava tudo que podia de Master System, depois migrava pro Super Nintendo e Mega Drive, em seguida partia para Nintendo 64 e PlayStation… bem, deu pra entender.

O problema é que hoje os games se estendem por várias gerações! Pegue Evoland (Shiro Games, 2013) por exemplo, está instalado no meu iPad desde 2015 e ano passado foi lançada a Legendary Edition só para me lembrar que ainda não o joguei. Eu já joguei Bloodborne mas ainda não joguei Dark Souls (FromSoftware, 2011), que recentemente foi remasterizado e por isso insiste em tirar meu sono porque continua na minha lista. E ela é longa, muito longa… tem os Zelda do Nintendo DS, alguns Assassin’s Creed, Shadow of the Tomb Raider (Eidos Montréal, 2018), a trilogia Metroid Prime, Headlander (Double Fine, 2016), Hyper Light Drifter (Heart Machine, 2016), os dois Red Dead Redemption, enfim, impossível listar todos.

Com centenas de milhares de jogos disponíveis e outros tantos sendo lançados diariamente, é claro que um monte deles chama a atenção e acaba caindo na lista. Mas o tempo passa e vamos deixando eles para trás. Por isso cansei do meu backlog e vou jogar o que puder, quando puder (e tentar ser feliz com isso).

E você, quais jogos estão na sua lista? Quantos você acha que consegue jogar até o final do ano? Se não puder jogar todos, vai apelar pro streaming? Comente.

Flávio

Me formei na faculdade de Design em 2007, sou apaixonado pela minha profissão, por rock'n'roll, cozinhar, jogar video game, por Star Wars e hamburger. Colaborador do Greenpeace e Médicos Sem Fronteiras.

Uma resposta para “Desisto do meu backlog!

O que você acha?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s