Voltando ao passado com Angry Video Game Nerd I & II Deluxe

Angry Video Game Nerd foi provavelmente o primeiro programa do YouTube que eu virei fã, por volta de 2006 ou 2007, descoberto por acaso em uma época que tudo ainda era mato, e tenho acompanhado o canal do cineasta James Rolfe desde então. Como ainda não tinha jogado os games, lançados em 2013 e 2016, o recente lançamento caiu como uma luva. The Angry Video Game Nerd I & II Deluxe (FreakZone Games, 2020) é uma coletânea dos jogos do nerd desbocado remasterizados, aprimorados, repletos de novidades e expandidos com um novo capítulo que “fecha” a história.

O primeiro jogo da coletânea, intitulado The Angry Video Game Nerd Adventures, mostra como o protagonista e seus amigos vão parar dentro do mundo dos games. Passada a fase introdutória, o jogador é levado a um menu inspirado na série de TV Captain N: The Game Master (1989-1991), onde encontra nove fases temáticas que prestam homenagem a vários games – de Doom a Majora’s Mask –, tendo como chefões inimigos mortais do Nerd – de Dr. Jekyll e Mr. Hyde, aos valentões Bimmy e seu irmão Jimmy, até Skylar, uma cabeça flutuante emprestada de um obscuro jogo de Atari Jaguar chamado Cybermorph (Attention to Detail, 1993).

A jogabilidade é simples, corra e atire em tudo que se mexe, desvie dos obstáculos e tente não morrer. Os controles são bem precisos, então não culpe o jogo se você se der muito mal enquanto procura pelos colecionáveis – cartuchos de NES com as letras N, E, R e D, que fazem clara alusão às letras K, O, N e G da clássica série Donkey Kong Country (Rareware, 1994-1996) para o Super Nintendo. Tente encontrar também os personagens desbloqueáveis para ganhar novas habilidades que podem ajudar na aventura.

O level design é, em sua essência, o mesmo em todas as fases, mas a variedade de temas e inspirações – que vão de Castlevania (Konami, 1986) a Custer’s Revenge (Mystique, 1982) – mais o mashup de elementos das diferentes franquias, são suficiente para manter o jogo fresco. O visual 8-bit inspirado no NES é super polido, com cenários vibrantes e personagens detalhados que certamente vão atrair qualquer fã de jogos retro e pixel art.

O segundo jogo, ASSimilation, expande a fórmula do antecessor, adicionando mais fases repletas de referências a filmes e games – de Star Wars a VVVVVV, às séries Board James e Monster Madness também estreladas por James Rolfe –, espalhadas por um mundo inspirado em Super Mario Bros. 3 (Nintendo, 1991). A premissa é a mesma do primeiro game mas, dessa vez, você pode equipar o Nerd com acessórios que ele usou nos episódios ao longo dos anos, trocando a pistola Zapper pela bazuca Super Scope ou usando a clássica Power Glove, o popular controle NES Max ou aquela porcaria de LaserScope. Os acessórios dão novas habilidades ao protagonista e mais vantagens para facilitar a jogatina.

Quem conhece o Nerd sabe que ele é famoso por seus ataques de raiva, e esse jogo consegue fazer você sentir o mesmo – mas é intencional! Os desenvolvedores criaram algumas situações de dar nos nervos, embora algumas pareçam forçadas demais, só chateiam. Como exemplo, blocos de morte instantânea invisíveis que surgem muito em cima da hora, sem dar tempo de você desviar. Outras situações, em contrapartida, proporcionam um grande desafio que dá gosto de superar! A boa notícia é que o level design pende para o segundo e há mais momentos bem desenhados do que surpresas baratas que só frustram o jogador.

Termine os dois jogos da coletânea e surge um novo capítulo, intitulado Tower of Torment: the Final Chapter, com quatro novas fases inspiradas nos vídeos do Nerd contra o Pernalonga e sua série de jogos Crazy Castle.

No geral, com as melhorias técnicas e retoques gráficos feitos nos dois primeiros jogos, mais o capítulo final, AVGN I & II Deluxe não parece só uma coletânea, mas sim o formato definitivo de jogar The Angry Video Game Nerd. Com envolvimento direto da equipe da Cinemassacre, e todas as referências e homenagens que alguém pode imaginar quando se trata de uma web series que existe há tantos anos, The Angry Video Game Nerd I & II Deluxe é item obrigatório para qualquer fã do Nerd.

Não só eles, mas fãs de platformers old-school que curtam um bom desafio e muitas, muitas mortes. AVGN é um platformer bem feito, com desafios quase masoquistas, level design sólido e muitas referências para descobrir. A Screenwave Media deu o polimento que faltava aos jogos originais e criou um novo mundo que amarra todo o enredo, fazendo dessa coletânea a carta de amor perfeita ao Nerd.

Flávio

Me formei na faculdade de Design em 2007, sou apaixonado pela minha profissão, por rock'n'roll, cozinhar, jogar video game, por Star Wars e hamburger. Colaborador do Greenpeace e Médicos Sem Fronteiras.

O que você acha?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s