Games, Review, Vídeo

Project CARS GO não é a corrida que eu pedi…

De vez em quando sinto uma necessidade de velocidade, e a bola da vez foi Project CARS GO (Slightly Mad Studios, 2021), a excepcional franquia de jogos de corrida que finalmente chegou às telas dos smartphones e tablets. Infelizmente, não como eu gostaria. O que começou como empolgação e vontade de acelerar, logo perdeu o […]

Leia mais
Review, Vídeo

Inbento é um puzzle fofo inspirado na cultura japonesa

Dias atrás eu estava com tanta vontade de comida japonesa que bateu até a curiosidade de encontrar joguinhos com sushi na AppStore. Foi assim que encontrei Inbento (Afterburn, 1919), um quebra-cabeças onde você é uma mãe-gato preparando o bentō do dia para o seu filhote, combinando diferentes receitas cheias de arroz, legumes cozidos e claro, […]

Leia mais
Review

Há um grande buraco em Donut County

Meeehhhhh 🙄 A busca incessante por novas experiências de entretenimento eletrônico, criadas em quartinhos escuros, por equipes minúsculas, com jogabilidade inovadora e senso estético apurado, me levou a Donut County (Ben Esposito, 2018). Esquisito por natureza, em Donut County você controla um buraco pelo cenário, engolindo pequenos objetos e aumentando de tamanho, o que permite […]

Leia mais
Games, Review, Vídeo

Pancadaria de qualidade na tela do celular

Um dos meus gêneros favoritos é o beat’em up, o famoso “andar e bater”. Desde a popularização dos smartphones, não foram poucas as tentativas de portar títulos do gênero para a telinha, normalmente sem sucesso. A escassez de bons beat’em ups nos celulares me incomodava até descobrir Beat Street (Lucky Kat Studios, 2017), jogo cheio […]

Leia mais
Review, Vídeo

Onde está Carmen Sandiego neste minigame do Google Earth?

Se você está na faixa dos trinta anos, certamente conhece Carmen Sandiego, a mestre criminosa ladra de relíquias, que protagonizou a franquia de jogos educativos para PC iniciada com Where in the World is Carmen Sandiego? (Brøderbund, 1985). Nos games da anti-heroína, o jogador encarnava um detetive e precisava descobrir, usando de pistas dadas por […]

Leia mais
Games, Review

Finalmente joguei o belo Sword & Sworcery

Pense ter um game instalado durante anos no iPad e nunca abrir pra jogar até que, um dia, você sente que, finalmente, chegou a hora. Foi assim com Superbrothers: Sword & Sworcery EP (Capybara Games, 2011), que comprei no lançamento mas só fui experimentar agora na virada para 2019. Sword & Sworcery narra as aventuras […]

Leia mais
Games, Review

Ping pong frenético em game mobile minimalista

Da última vez que segurei uma raquete de ping pong na mão, eu ainda estava no colegial… então posso assegurar que não é um esporte que me atrai. Mas aí, de repente, me pego passando um final de semana inteiro jogando I’m Ping Pong King (Orangenose Studio, 2018), joguinho que consiste em tocar a tela […]

Leia mais
Review, Vídeo

Tapped Out é um bom game para matar o tempo

Neste Natal passado eu queria um jogo pra passar o tempo e acabei desenterrando The Simpsons: Tapped Out (EA Mobile, 2012). Nele, o destrambelhado Homer causa um colapso na usina nuclear que varre Springfield do mapa. Cabe ao jogador reconstruí-la e repovoá-la com seus pitorescos moradores, em uma mistura de histórias divertidas, eventos entediantes e […]

Leia mais
Review, Vídeo

Alcançando as alturas em Magikarp Jump

Da primeira vez que peguei este game pensei “nossa, que jogo chato!” Mas aí mostrei ele pra minha amiga Vic (que adora Pokémon) e, no final daquele mesmo dia, já estava viciado. Magikarp Jump (Select Button, 2017) é simples, acelerado, e terrivelmente gratificante. O jogo pode ser resumido assim: você pesca um Magikarp, alimenta e […]

Leia mais
Games, Opinião

Será o fim dos games mobile pagos?

Estou participando da febre que tem sido Pokémon Go (Niantic Inc, 2016) e me surpreendi com notícias falando sobre o aumento repentino nas ações da Nintendo*, a parceria com a rede McDonald’s no Japão e a quantidade de dinheiro que o game está gerando mesmo sendo free-to-play. Fenômeno semelhante acontece com Candy Crush Saga (King, 2012) e […]

Leia mais
Review

Perdidos no espaço

Coincidentemente os dois últimos games mobile que joguei se passam em planetas alienígenas. Duas experiências bem diferentes recheadas de ação, suspense e encontros imediatos do quarto grau*.

Leia mais
Review

Uma jornada solitária pelo limbo

Nunca é tarde para jogar um bom jogo e é este o caso de LIMBO (Playdead, 2010), platformer que redefiniu a noção que a indústria dos games e nós, consumidores, tínhamos sobre indies. Originalmente um exclusivo para Xbox 360, baixei em 2013 no iPad mas só joguei neste último fim de semana, e finalmente entendi sua relevância.

Leia mais