Games, Retro, Review

Uma aventura de terror que cabe no seu bolso

Existem duas abordagens clássicas para o terror, seja nos filmes ou video games: a primeira se apoia em jump scares banais – algo pula na tela e dá um susto, que logo passa. A segunda é mais duradoura, lentamente construindo tensão por meio de uma atmosfera tenebrosa, deixando a sensação que algo vai acontecer a […]

Leia mais
Games, Review

Religião, trevas e primorosa pixel art no belo Blasphemous

Quando meu irmão me mostrou Blasphemous (The Game Kitchen, 2019) fiquei enfeitiçado pelo visual. Monstros grotescos, humanos amaldiçoados e perversão religiosa, invocando uma visão deturpada da igreja católica e esboçando um mundo de fantasia sombrio, de riqueza histórica e cultural, me impressionaram. Fiquei com isso na cabeça por um bom tempo, esperando a hora certa […]

Leia mais
Games, História

Jogo macabro: a história do tabuleiro Ouija

Poucos jogos na história da humanidade despertam tanta curiosidade e medo quanto o tabuleiro Ouija. Associado à quebra das barreiras entre os reinos dos vivos e dos mortos, muitos o vêem como um instrumento para invocar espíritos e demônios, enquanto outros brincam com a ideia de se comunicar com “o outro lado”. O jogo está […]

Leia mais
Games, História

A evolução do terror nos games

Com o Halloween batendo à porta, tem gente que já preparou as listas de filmes e jogos de video game pra levar uns belos sustos com os amigos. Os cineastas têm a vantagem de mais de 120 anos* de experimentação no domínio do horror, conhecendo bem as técnicas para levar a audiência a níveis desesperadores […]

Leia mais
Review

Until Dawn quebra com as regras dos filmes de terror adolescente

Este final de semana meu irmão, eu e nossa amiga jogamos e terminamos, juntos, o adventure de terror Until Dawn (Supermassive Games, 2015). Embora eu já tivesse interesse no game desde seu anúncio, nunca comprei, mas este mês estava de graça para os assinantes da PS Plus então, por que não, né? E cá estou, […]

Leia mais
Games, Review

Uma noite arrepiante em OxenFree

Neste feriado de Páscoa, tirei um dia para finalmente experimentar este game indie que me despertou interesse desde seu lançamento, OxenFree (Night School Studio, 2016). Nele, você controla a jovem de cabelos azuis Alex, no decorrer de uma noite que deveria ser só para beber e curtir com os amigos, mas acaba se transformando em uma trama sobrenatural cheia de mistérios […]

Leia mais
Games, Opinião

Por acaso fiquei velho pra fatality?

Tirei uma noite para jogar todo o modo história do Mortal Kombat X (NetherRealm Studios, 2015); já conhecia MK9 (que todos sabemos, reconta a história original) e fiquei curioso pra saber a continuação. Fui revezando com um amigo nas lutas, enquanto ele me explicava detalhes da trama que se encaixam com os jogos antigos da série*. Mortal Kombat X é divertido e o enredo […]

Leia mais
Review

Alien: Isolation me deixa com os nervos à flor da pele

Ontem terminei Alien: Isolation no PS4, na minha opinião um dos melhores games que já joguei. No fim do ano passado assisti Alien (1979) para refrescar a memória de um dos meus filmes de ficção científica favoritos e, agora em janeiro, aproveitei meus últimos dias de férias do trabalho para enfim poder jogar com calma. Ao longo de pouco […]

Leia mais
Games, Review, Vídeo

O primeiro video game sem video

Você está perdido nas profundezas da terra dos mortos. Seus olhos são inúteis aqui, e seus ouvidos são tudo com o que você pode contar. Esta é a premissa de Papa Sangre, um dos jogos mais curiosos disponíveis na AppStore. Papa Sangre é um video game sem video. É um suspense em primeira pessoa, criado […]

Leia mais